Select Page

Entrevista com Luis Pereira da Lookn’ Feel. 

– Quem é o Luis Pereira?

O Lupie, ou Luis Pereira, é um publicitário, estrategista e empreendedor brasileiro, que desde 2018 considera Portugal sua casa. Curioso e esforçado, está sempre busca de aprender mais sobre a relação entre marcas e pessoas. É mestrando de Comunicação Estratégica na Universidade Nova de Lisboa, na qual está a desenvolver uma pesquisa relacionada a DesignThinking e Comunicação. Nas horas vagas também dedica-se à música e aos esportes, skate e ciclismo. 

– Qual a área de atuação da Look’n Feel? Nos fale sobre a LNF Lab, a LNF Publi e a LNF Talks e como os seus serviços se relacionam entre si.

A Look’n Feel nasceu em 2011 nas mãos de um economista e de um programador. Seus primeiros trabalhos estiveram focados em desenvolvimento web. 

Com o passar de 2 anos a empresa já se identificada como agência full-service de comunicação, dada a necessidade expressa de atender demandas dos clientes que extrapolavam o foco inicial. 

5 anos após sua criação, e mais de 12 vezes o seu tamanho original, a Look’n Feel revisitou os valores da marca como, por exemplo, “SER PARA SEMPRE BETA” e resolveu fazer duas spin-offs a partir da empresa original – nomeadamente a Look’n Feel Lab e a Look’n Feel Inbound. A trabalhar de forma interdependente, esses duas operações focaram em Design e Branding e Inbound Marketing, respectivamente. 

Para muito além dos vários aprendizados que trabalhar com times e operações diferente de forma simultânea acabou por proporcionar, ela ajudou a configurar hoje o a Look’n Feel se identifica por Rede. Uma forma de trabalhar muito mais flexível, muito menos vertica e com um potencial de foco e desenvolvimento de operações capaz de agregar ao todo. 

Assim, em 2019, hoje nossos cernes de atuação são Comunicação e Educação, pela qual a LNF Lab está focada em Design e Branding, a LNF Publi em publicidade online, offline e promo e a LNF Talks, a mais recente das operações está focada em criar experiências e aprendizagem. 

Hoje somos capazes de atender empresas de médio e grande porte, em escopos bastante customizados como, por exemplo: o trabalho de comunicação relacionado a um novo branding de uma marca, A LNF Lab desenvolve o Branding, A LNF Publi desenvolve uma campanha interna com ações de ativaçõa e a LNF Talks faz formações in-company para gestores e colaboradores da empresa. 

– Quais os seus principais clientes?

No Brasil, já atendemos mais 100 marcas de expressão regional e nacional, das quais se destacam: Uber, Subway, Rede D’Ór São Luiz, Ambev, Brookfield, RD Produções e Taguatinga Shopping, entre outros. 

Em Portugal, estamos à serviço do CrossFit Caravelas, da BIU Internacional e da Segredos Ocultos – em trabalhos que incluem branding, campanhas de lançamento, desenvolvimento web, design gráfico e mídia digital.

– Qual o papel do Luis Pereira na Look’n Feel?

O Luis Pereira é hoje o principal gestor da Look’n Feel Europa e atua principalmente na gestão de projetos bem como no planeamento estratégico. 

– Nos conte sobre a expansão da Look’n Feel para a Europa? Quais são seus planos e por que escolheram Portugal para iniciar essa expansão?

Em 2018 a Look’n Feel passou por um momento de redesenho da marca. Foi adotado um modelo de negócio em Rede, mudou-se a identidade visual e por fim, foi desenvolvido um novo propósito para a marca: “fazer do mundo um lugar mais empreendedor, a começar por Brasília”. Este é o Norte que guia a empresa. E foi por seguir essa direção que a aposta na oportunidade de trazer a marca para Portugal foi feita. 

A Look’n Feel pretende conseguir aproximar empreendedores Brasileiros e Portugueses, bem como trabalhar para outros mercados europeus a partir de Portugal em 2020.

Portugal foi escolhida como primeiro capítulo por ser uma nação que compartilha muita história com o Brasil, mas que ao mesmo tempo possui diferenças suficientes e que não conhecemos. Da cultura, do idioma ao funcionamento da economia. É um lugar acolhedor e suficientemente desafiador. 

– Por que é importante falar bem em público? De que modo o aprendizado das técnicas de public speaking podem contribuir para o sucesso de negociações empresariais?

Talvez por que em qualquer negociação existem intenções e objetivos a cumprir. 

Aqueles que dominam e exercitam as técnicas de public speaking e que, por consequência, falam bem em público são também aqueles mais convincentes, persuasivos e que claramente vão ter mais condições de fazer as suas ideias alcançarem os patamares desejados.

E isso independe do setor, do assunto ou do contexto. Um bom apresentador ou apresentadora sabe o que quer, com quem está a falar e como dizer o que precisa ser dito. 

Se você quer conhecer mais sobre o trabalho do Luis Pereira e da Look’n Feel participe do evento: 9 Insights para Apresentações Cativantes que irá ocorrer no dia 10 de Setembro, das 19h às 21h no BWorking Spaces. O evento será gratuito para os residentes do BWorking e terá um custo de 10 Euro para participantes externos. Visite o evento no Facebook para maiores informações e inscrições. 

WhatsApp chat